por que o papel custa tão caro?

 

 

 

Resposta: 
O papel é classificado conforme a qualidade de sua superfície, conforme ilustra o gráfico ao lado. Quanto mais trabalhada a superfície (revestimento, calandragem), melhor a qualidade de impressão e maior o valor do papel.

Além da superfície, a composição do papel também afeta a sua printabilidade e o seu desempenho durante as operações de impressão, pós-impressão e uso final. Assim, o tipo de fibra (curta ou longa, branqueada ou não, refinada ou não), o tipo de carga mineral (caulim, carbonato de cálcio, dióxido de titânio), o tipo de acabamento (revestido ou não, calandrado ou não, gofrado ou não) etc., também governam o custo dos papéis.

© 2016 by ROSSI Tecnologia Gráfica. Todos os direitos reservados.